Vitória FC 0-0 GD Chaves | Equipas anularam-se em tarde chuvosa
2017-02-11 21:13:12

Mau tempo no Bonfim não ajudou ao espectáculo e os Valentes Transmontanos regressam a Chaves com mais um ponto na bagagem após o segundo nulo consecutivo.


Quis o destino que o reencontro entre sadinos e flavienses, ambos empatados na tabela classificativa com 28 pontos à entrada para esta jornada, terminasse novamente num nulo, tal como o jogo da primeira volta. Para a ida ao estádio do Bonfim há a assinalar apenas uma mexida em relação ao onze que jogou na jornada passada, com Rafael Lopes, recuperado de lesão, a jogar de início, relegando William para o banco de suplentes.


A primeira jogada de perigo do encontro pertenceu ao Vitória FC, com um remate de João Carvalho próximo da marca de penálti, que acabou por sair ao lado da baliza de António Filipe. Aos 15’, nova oportunidade para o conjunto local, mas a bola bateu na barra da baliza do Desportivo e por pouco não passou a linha de golo.


O Chaves respondeu às oportunidades madrugadoras dos sadinos aos 35 minutos, com um canto direto de Bressan, ao qual o guarda-redes local respondeu com uma defesa com os punhos, acabando a bola por embater no poste da baliza. Esta acabou mesmo por ser a última oportunidade digna de registo do primeiro tempo, nuns 45 minutos em que ambas as equipas tiveram dificuldades em chegar à baliza.


No segundo tempo, o Vitória contou com um par de oportunidades para incomodar António Filipe, primeiro com um remate ao lado de Edinho aos 57 minutos e, aos 59’, com um pontapé de fora da área que embateu na trave, acertou nas costas do guardião flaviense e saiu ao lado. Apesar de algum domínio da equipa sadina na primeira metade do segundo tempo, o Chaves respondeu com perigo nos últimos 20 minutos de jogo. Aos 73 minutos, Rafael Lopes saltou mais alto que toda a gente após um canto, mas a bola passou ao lado da baliza dos da casa. No minuto seguinte, Perdigão rematou de fora da área e obrigou o guarda-redes a uma defesa difícil. Aos 76’, nova oportunidade para o conjunto azul-grená, desta feita para Davidson, que entrou para o lugar de Braga, mas o remate em arco do brasileiro passou ligeiramente ao lado.


Até ao final do jogo, houve apenas mais duas oportunidades de relevo, uma para cada lado. Primeiro, remate de longe do antigo jogador do Chaves Arnold, que acabou por ir à figura de António Filipe. Depois, já no período de descontos, Perdigão aparece ao segundo poste, mas o remate sai desenquadrado com a baliza.


Após este empate, o Grupo Desportivo de Chaves continua, à condição, no sétimo lugar da Primeira Liga, com os mesmos 29 pontos que o Vitória FC. O Chaves contou com cerca de 300 Valentes Transmontanos nas bancadas que, apesar da chuva, não pararam de incentivar e apoiar os jogadores flavienses.


Colaborador: João Alves

Galeria

 
Parceiros