GD Chaves 2 Boavista FC 1

Medina selou apuramento no último lance

O Grupo Desportivo de Chaves garantiu o passaporte para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, após vencer o Boavista FC no último suspiro do prolongamento.
Os primeiros 45 minutos do encontro foram de equilibro mas a bola andou quase sempre longe das duas balizas.
Na etapa segunda, a primeira meia hora voltou a ser dividida mas nos últimos 15 minutos os transmontanos foram mais fortes, não conseguindo ainda assim desfazer o nulo inicial.
No prolongamento, o Desportivo pegou nas rédeas do encontro, mas o guarda-redes boavisteiro foi adiando o golo com defesas vistosas, mas este chegaria aos 102 minutos, apontado por André Luís, na recarga a uma grande penalidade que o próprio tinha desperdiçado.
Os últimos minutos da partida foram emocionantes e nada aconselháveis a cardíacos! Primeiro, os axadrezados empataram aos 116 minutos e já se vislumbravam as grandes penalidades no Municipal! No entanto, praticamente no último lance da partida, numa bola parada, o central Medina apareceu isolado e não perdoou, levando ao rubro os adeptos transmontanos.
2087 espetadores foram testemunhas do triunfo do Desportivo, que espera agora o adversário da próxima eliminatória.