SC Espinho 1 GD Chaves 0

Um só golo ditou a sentença

Numa partida referente à segunda eliminatória da Taça de Portugal, que colocou frente a frente dois históricos do nosso futebol, o SC Espinho venceu por 1-0 e apurou-se para a próxima ronda da prova rainha.
A primeira parte não teve grandes oportunidades de golo junto às duas balizas. No entanto, em cima do intervalo, Niltinho marcou para o Desportivo, mas o juiz Manuel Mota, por indicação do seu auxiliar, invalidou o golo, que visto e revisto na televisão não teve qualquer anomalia.
Na segunda parte, os transmontanos tiveram muita posse de bola mas poucas vezes assustaram o guardião local.
Mais pragmático, o SC Espinho atacava poucas vezes, mas quando o fazia tinha critério.
Numa dessas investidas, o conjunto da casa marcou e depois segurou o apuramento para a terceira eliminatória da Taça de Portugal.